A Liga Dia – campeonato espanhol de basquetebol feminino- cedeu ao novo Coronavírus. Dito de outro modo: terminou, de forma abrupta, a época 2019-2020. Não há mais empatia jogadoras-público amante de basquetebol, não há mais emoção. Em meio a uma decisão esperada, até porque a crise sanitária ameaça o mundo, há marcas que ficam lá registadas e com motivos de orgulho para os moçambicanos.

Pois, duas basquetebolistas nacionais foram reconhecidas pelas suas qualidades numa das mais competitivas ligas femininas de basquetebol do planeta: Leia “Tanucha” Dongue e Tamara Seda.

A primeira foi indicada para o segundo cinco ideal da Liga Dia, juntamente com a americana Tanaya Atkinson, as espanholas Marta Xargay e Laia Palau (Girona) e Sonja Vacic da Sérvia.

Já Tamara Seda, que actuava no RPK Araski, mereceu menção honrosa da Liga Dia, numa lista da qual fazem ainda parte Tiffany Hayes, Lyndra Littles Weaver, Julie Wojta, Jenny Simms, Merritt Hempe e Brittany McPhee (EUA), Adaora Elonu (Nigéria) e Nikolina Milic e Aleksandra Stanacev da Sérvia.

Tamara Seda foi MVP da 20ª jornada da Liga Dia. Seda fez a diferença com 23 pontos, nove ressaltos e três roubos de bola conduzindo o RPK Araski a uma vitória sobre o IDK Euskotren, por 79-65. A valorosa poste foi secundada, neste jogo, por Tania Perez que contabilizou 11 pontos e três ressaltos em 22 minutos na quadra.

No alto dos 1.93 metros, a valorosa poste moçambicana teve um registo de 57% nos tiros de campo (8-14) e 88% na linha de lances livres (7 em 8). Números que permitiram fazer história na Liga Dia, até porque esta temporada foram registados quatro MVPs compartilhados, mas todos eles para dois jogadores.

Esta temporada, Tamara Seda contabiliza 20 jogos (23.43 minutos/jogos), sendo que a sua média de pontos é de 10.7 e ainda 6.5 ressaltos (3.9 defensivos e 2.6 ofensivos).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here